Apresentação conta com participações especiais de grandes nomes da música, como Marina Lima, Marvvila, Tico Santa Cruz, Serginho Moah, Paulinho Moska e mais

"Só mesmo o tempo pode revelar a eternidade das canções e eu sou muito grato por acompanhar isso enquanto ainda estou com vida", reflete Dalto ao falar sobre o sucesso do hit "Muito Estranho". O disco, que já completou 40 anos, vai ser celebrado no show "Dalto - Muito Estranho 4.0" no Theatro Municipal de Niterói. Terça e Quarta, dias 17 e 18 de outubro, às 19h30, o público vai poder se juntar a essa comemoração, que é gratuita, e conta com diversos artistas convidados.

"Eu não notei que já haviam passado tantos anos. Foi uma música que foi regravada por muitas pessoas e é uma composição que segue viva até hoje. Quando você faz uma canção, o importante é que as pessoas se sintam tocadas.. e, com 40 anos, você vê que ela segue atingindo muita gente", conta o compositor. Dalto começou sua carreira na indústria fonográfica ainda na década de 1970 e, desde então, acumula sucessos que marcaram gerações, como "Bem-te-vi", "Anjo", "Pessoa", "Espelhos d’Água" e "Quase não dá pra ser feliz".

Ouça a canção "Muito Estranho" na Rádio Niterói Discos

No show "Dalto - Muito Estranho 4.0", outros hits além da canção que dá nome ao espetáculo serão celebrados. De acordo com o artista, foi um desafio e tanto escolher o repertório da apresentação. "Quando você faz uma música que ‘estoura’, ela acaba eclipsando as outras. Como ‘Muito Estranho’ apaga muitas canções do disco, elas mantêm um senso de novidade para a plateia. Por conta disso, vou misturar algumas dessas composições - que eu espero que surpreendam o público -, os sucessos que a galera já espera e cinco lançamentos", conta ele.

Além disso, as participações especiais também são um ponto chave da comemoração. Cada uma foi escolhida para cantar alguma música em específico, combinação essa que Dalto preparou como surpresa para os fãs. "Os convidados são pessoas que fazem parte da minha história e pessoas da nova geração que eu mesmo escolhi por conta do talento que elas têm", compartilha o cantor. Entre amigos novos e antigos, participam Marina Lima, Marvvila, Tico Santa Cruz, Serginho Moah, Paulinho Moska, Marcos Sabino, Byafra, Nilton Guedes e Nico Rezende.

Dalto também comentou sobre a importância de celebrar esse momento da carreira na cidade. "Aqui aconteceu tudo na minha vida... primeiro amor, primeira música, todos os meus filhos e meus netos são daqui. Eu duvido que qualquer um nascido aqui goste mais de Niterói do que eu. Nada mais justo do que comemorar com a cidade esse momento tão especial", relembra ele. O músico nasceu na Tijuca, mas migrou para Nikity ainda criança, aos seis anos.





Convidados

Terça, 17
Biafra e Marcos Sabino
Serginho Moah
Marina Lima

Quarta, 18
Tico Santa Cruz
Marvvila
Paulinho Moska




Saiba mais sobre a carreira de Dalto em nosso Mapeamento Cultural


Serviço

Dalto - Muito Estranho 4.0
Data: 17 e 18 de outubro de 2023
Horário: Terça e Quarta, 19h30
Evento gratuito
Ingressos: Evento sujeito a lotação | Retirada de 1 ingresso por pessoa na bilheteria do teatro 1h antes do início do show.
Classificação livre

Local: Theatro Municipal de Niterói
Endereço: Rua Quinze de Novembro, 35 - Centro, Niterói - RJ


Tags:






Publicado em 06/10/2023

Sala Carlos Couto recebe exposição "Memória Afetiva - Niterói em Imagens" Até 14 de dezembro
Reinaugurado após restauro, Municipal é disputado por estrelas MEMÓRIA
Recital de piano pela senhorita Raymunda Vianna ENCERRADA
Com fotos de Magno Mesquita, Niterói é tema de mostra na Carlos Couto Leia mais ...
Lenda 'Itapuca' no palco do Teatro Municipal João Caetano Leia mais ...
Clube Dramático Assis Pacheco estreia no Theatro Municipal Leia mais ...
A Grande Reforma do Theatro Municipal, em 1966 Segunda-feira, 02 de maio de 1966
Theatro Municipal será reinaugurado em janeiro Leia mais ...
Salvem o Theatro Santa Thereza Leia mais ...