O grupo de samba “Palco Iluminado” foi formado em agosto de 1995, por alguns amigos do Colégio Plínio Leite. O grupo teve como padrinho Cleber Augusto, do grupo “Fundo de Quintal”.

Entre as principais apresentações do grupo, destacam-se as realizadas no Marrakech – Niterói, 1998; no Le Moustache – Niterói, 1999; na abertura do show do Fundo de Quintal, no Combinado 5 de Julho – Niterói, 1999; no Bola Preta – RJ, 1999; no Tulipão - São Gonçalo, 1999 e nas aberturas de shows do Zeca Pagodinho, do Kiloucura e dos Morenos, no Fonseca A. Clube – Niterói, 1999. Ainda no Fonseca A. Clube, em 1998 e 1999, o grupo participou do Tradicional Pagode de Mesa com o Grupo, e, em 1999, da entrega do Troféu Os Melhores do Ano de Niterói e São Gonçalo.

Para além das apresentações do conjunto, os integrantes desenvolveram, entre si e com parcerias de outros artistas, como Djalma Falcão e Jorginho China, composição de diversas músicas. Estes trabalhos deram origem ao lançamento de um CD homônimo da banda, em 1999, pelo Selo Niterói Discos. Para o álbum, foi selecionado um repertório que conta com dez composições, entre elas "Menina Faceira", "Rainha da Cocada" e "Tribunal do Amor".

Além de realizar apresentações e participar de eventos, os integrantes do grupo chegaram a dar aulas particulares de banjo, cavaco, repique de mão e violão. Sua formação mais recente contava com os seguintes músicos: Alessandro Cardozo (cavaquinho), Anderson Frederico Pedrosa da Cruz (pandeiro), Daniel Pinheiro Velasco (cuíca e repique de mão), Dionatas dos Santos Oliveira (tantã), Rodrigo Gomes dos Santos (banjo) e Rogério Vianna Machado Jr (violão de 6 cordas).







Publicado em 03/12/2013
Museu Antônio Parreiras