DÉCIO ROCHA APRESENTA "NEM SEI, FAZ TANTO TEMPO"
 
 
Baixe a agenda do mês

No dia 16 de setembro de 2017, sábado, a partir das 20h, o Teatro Municipal de Niterói vai abrir suas cortinas para o espetáculo "Nem Sei, Faz Tanto Tempo", do multinstrumentista pernambucano Décio Rocha. No show, além de participar dos vocais, Décio se apresenta com seu contrabaixo e alguns instrumentos construídos por ele, como a "metrola" e o "violão porta-CD". Classificação indicativa livre, ingressos: R$ 30,00 (inteira).

No Municipal, Décio será acompanhado por músicos que fazem parte de sua história musical, como Rogério Miranda (guitarra/violão), Henrique Branco (teclado/piano) e Rodrigo Veiga (bateria), além de ter a participação especial da cantora Marianna Leporace.

O repertório reúne composições inéditas, como o samba "É a vida", "Focinho de porco não é tomada" e "Conta gotas", "Gostoso" e músicas de todos os CDs lançados, como "Celebração", "Dona Estamira", "De hoje em diante", "Eu sei e você Sabe", "Antes que anoiteça", "Rio-Niterói", "Peixinhos", "Hora da onça beber água" entre outras. O show tem cenário do artista plástico Fernando Mendonça que, assim como Décio constrói seus instrumentos, desenvolve sua arte utilizando sua coleção de materiais descartados como lixo urbano.

Clique para ampliar.
Produzido por Zeca Baleiro, o CD "Nem Sei, Faz tanto tempo" (2016), reúne faixas de quatro discos, lançados entre 1993 e 2010 pelo artista.

Décio Rocha

Décio Rocha é compositor e músico multi-instrumentista, nascido em Pernambuco e criado no bairro de Peixinhos, na periferia de Olinda. Iniciou sua carreira artística como baixista tocando em bailes em Recife e cidades do interior do nordeste. Integrante da Banda de Pau e Corda, reencaminhou sua trajetória profissional ao mudar-se para São Paulo. Lá, firmou parceria com Chico César e Zeca Baleiro, tocou com vários artistas de renome da música popular brasileira e abraçou mais ainda a causa ecológica ao se deparar com muitos objetos na rua que em muito contribuíam para a degradação do meio ambiente.

Passou a reutilizar materiais que encontrava no lixo para criar seus próprios instrumentos de percussão e de cordas e, com a sucata que fazia parte do seu cotidiano, construir, de forma lúdica, brinquedos que sempre estiveram presentes no seu universo imaginário. Seu primeiro instrumento profissional foi chamado de metrola, justamente por ter sido produzido com o lixo da metrópole.

Clique para ampliar.
Em 1993 lançou o primeiro CD autoral, "Talvez não seja assim", onde utilizou os primeiros instrumentos profissionais criados por ele. O repertório sugere a necessidade de uma mudança de valores em uma sociedade que se confronta com os limites da falta de preservação do nosso planeta. Esse CD foi o primeiro produzido por Zeca Baleiro. Em 2000 participou da trilha sonora do filme Bicho de Sete Cabeças, e compôs uma trilha sonora para comemoração dos 20 anos do Projeto Tamar.

Em 2002 lançou o segundo CD autoral, Peixinhos, com apoio do SESC e também produzido por Zeca Baleiro. Nesse mesmo ano, representou o Brasil no 1º Festival Latino Americano de Música Instrumental. Em 2003 compôs a trilha sonora do longa-metragem "Estamira", com direção de Marcos Prado, que foi gravada em CD.

O CD, produzido por Zeca Baleiro, em 2010, intitulado "Quando estou dormindo nem sempre sei por onde ando", traz novamente à tona a preocupação do artista com a sustentabilidade do meio ambiente. Em 2013, participou da Semana do Meio Ambiente, realizada no Solar do Jambeiro, em Niterói, com show e exposição dos instrumentos e brinquedos que constrói com material reaproveitado do lixo.

Além de autor de diverss trilhas sonoras para TV e Cinema, Décio Rocha mantém ao lado de seus projetos musicais um trabalho constante de oficinas de criação de instrumentos musicais confeccionados com materiais descartados como lixo urbano e a experimentação de diferentes ritmos brasileiros através dos instrumentos por ele construídos. Esse projeto atende crianças a partir dos 7 anos, jovens e adultos interessados na proposta de multiplicação das ações ambientais, por meio da conscientização da importância do correto descarte de lixo, possibilitando assim o seu reaproveitamento.

    "Décio Rocha é um artista único. Sei que essa frase banal poderia iniciar o release de qualquer artista. Mas no caso do Décio, me parece soar mais verdadeiro e adequado do que em qualquer outro caso. Até na execução de seus muitos instrumentos, Décio é único – ora sujo e impreciso como um músico punk, ora virtuoso como um emepebista ferrenho. O título desta coletânea surgiu numa troca de mensagens por celular. Escrevi: “Décio, vamos preparar aquela compilação. Quantos anos de carreira mesmo?”. Na sua resposta singela e avoada, vi a tradução do que Décio e sua música são em essência: “Nem sei, faz tanto tempo" - Zeca Baleiro.


Serviço

Décio Rocha apresenta "Nem Sei, Faz Tanto Tempo"
Data: Sábado, 16 de setembro de 2017
Horário: 20h
Duração: 80min
Ingressos: R$ 30,00 (inteira) - Ingresso
Classificação indicativa: Livre

Teatro Municipal de Niterói
Rua XV de Novembro, 35, Centro
Tel: (21) 2620-1624


Clique para ampliar.





CLIPPING




Publicado em 22/08/2017






Publicado emTeatro Municipal
Tags Décio Rocha, Marianna Leporace,


Guitarrista Tim Reynolds é destaque no Teatro Municipal de Niterói
Noite de Autógrafos de "O Poder da Fé", de Rosania Alves Villaça
9ª Mostra de Teatro Infantil apresenta "João e Maria - Uma História Brasileira"
A 9ª Mostra de Teatro Infantil apresenta "Um Conto de Fado Padrinho"
"Cinco - Vinte e Cinco", de Danila Privalov, no Ciclo de Leituras Dramatizadas
"Esse Homem é Meu!" entra em cartaz no Teatro Municipal
Teatro Municipal de Niterói. Teatro
De 06 a 15/09
Tearo Municipal apresenta o infantil "João e Maria - Uma História Brasileira"
Teatro Municipal de Niterói. Teatro
De 07 a 15/09
Noite de Autógrafos de "O Poder da Fé", de Rosania Alves Villaça
Sala Carlos Couto. Literatura
Terça, 10/10
Ana Costa e Carrapicho Rangel no projeto Clássicos do Samba
Teatro Municipal de Niterói. Música
A 9ª Mostra de Teatro Infantil apresenta "Um Conto de Fado Padrinho"
Teatro Municipal de Niterói. Teatro
Quinta, 12/10
9ª Mostra de Teatro Infantil apresenta "João e Maria - Uma História Brasileira"
Teatro Municipal de Niterói. Teatro
Quinta, 12/10
Exposição "Palhaçada", de Joel d'Castro, é destaque na Sala Carlos Couto
Sala Carlos Couto. Exposição
De 17/10 a 12/11
Dueto Alex Meirelles e Chico Costa no palco do Teatro Municipal
Teatro Municipal de Niterói. Música
Quinta, 19/10
Teatro Municipal de Niterói apresenta: "Joel Nascimento - 80 Anos"
Teatro Municipal de Niterói. Música
Sexta, 20/10
Agnes Moço apresenta "Quem É? Sou Eu!" no palco do Teatro Municipal
Teatro Municipal de Niterói. Música
De 21 a 29
Cia Cria das Casas apresenta "Sakurá" no Teatro Municipal de Niterói
Teatro Municipal de Niterói. Teatro
De 21 a 29/10
Clube do Choro de Niterói apresenta: "Baden Powell - do Choro ao Afro-Samba"
Teatro Municipal de Niterói. Música
Terça, 24/10
Orquestra Rio Camerata na Quarta Clássica do Teatro Municipal
Teatro Municipal de Niterói. Música
Quarta, 25/10
"Niterói in Love" com Juliana Maia no Teatro Municipal
Teatro Municipal de Niterói. Música
Quinta, 26/10
Teatro Municipal de Niterói convida Sérgio Chiavazzoli
Teatro Municipal de Niterói. Música
Sexta, 27/10
"Cinco - Vinte e Cinco", de Danila Privalov, no Ciclo de Leituras Dramatizadas
Teatro Municipal de Niterói. Teatro
Terça, 31/10
Rua Quinze de Novembro, 35 - Centro, Niterói - RJ, 24020-125 | Tel:(21) 2620-1624 | Email: producao.tmjc@gmail.com